Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Em 1º dia do feriado, isolamento social em SP tem melhora

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), comemorou nesta quinta-feira, 21, a ligeira melhora na taxa de isolamento social registrada no Estado e na Capital nos últimos dois dias.

Ontem, no primeiro dia do superferiado decretado na cidade de São Paulo, a taxa de isolamento social subiu 2%, chegando a 51%

Ontem, no primeiro dia do superferiado decretado na cidade de São Paulo, a taxa de isolamento social subiu 2%, chegando a 51% Foto: Felipe Rau/Estadão

De acordo com o Sistema de Monitoramento Inteligente, na última terça-feira, o índice registrado no Estado foi de 48%, enquanto na Capital foi de 49%. Ontem, no primeiro dia do superferiado decretado na cidade de São Paulo, a taxa de isolamento social subiu 2%, chegando a 51%, enquanto no Estado bateu 49%. Durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, Doria lembrou, no entanto, que o número ainda é inferior ao 55% recomendado pelas autoridades sanitárias.

Rodovias

Uma das principais preocupações do governo estadual e municipal era de que o objetivo do super feriado fosse desvirtuado e que as datas fossem usadas para viagens. No entanto, segundo o governador, isso não ocorreu e o movimento registrado nas rodovias estaduais foi 35% inferior às vésperas de final de semana.

“Os feriados não foram antecipados para diversão, lazer e viagem. Foram antecipados para proteção e garantia de vida às pessoas e percebo que esse grão de compreensão está sendo assimilado pela população, então é hora de agradecer aos brasileiros em São Paulo que entenderam que este é o momento de permanecer em casa”, disse Doria.

Tudo o que sabemos sobre:

isolamento socialSão Pauloferiados