Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Em 20 anos, 17,5% do Brasil já queimou pelo menos uma vez

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O MapBiomas consolidou as informações sobre a área queimada a cada ano no País, de 2000 a 2019, com localização, frequência e o tipo de cobertura e uso da terra associado, como floresta, savana, agricultura ou pasto, entre outros. Em termos de área, o Cerrado foi o mais queimado.

Floresta queima após ação de limpeza promovida por fazendeiro em Machadinho do Oeste (RO) em 2/9/2019. Foto: Ricardo Moraes / Reuters

  • Nos últimos 20 anos, 1,5 milhão de quilômetros quadrados do Brasil, ou cerca de 17,5% de seu território, queimou pelo menos uma vez. É quase toda a região Nordeste.
  • Quando pegou fogo, a maior parte da área, 68%, estava coberta por vegetação nativa, enquanto 32% era usada para agropecuária, incluindo atividades como limpeza de pasto, roçado e terrenos recém-desmatados.
  • Em média, uma área de 177 mil km² queima todo ano, ou 2,1% do país.
  • Mais de 330 mil km² das florestas existentes hoje no Brasil pegaram fogo nos últimos 20 anos e dessas, 195 mil km² (59%) queimaram duas vezes ou mais.
  • Na Amazônia, 28,7% da área total queimada em 20 anos foi registrada ali, num ambiente onde o fogo deveria ser raro – metade dos 427 mil km² afetados queimou mais de uma vez num mesmo lugar. Sem o homem, o fogo neste bioma ocorre a cada 500 a mil anos.
  • Em termos de área, o Cerrado foi o bioma mais atingido no período: 41% de sua extensão foi afetada pelo fogo pelo menos uma vez, e 76% do que queimou ali era vegetação nativa.

Dados relativos a 2019:

  • Foram queimados mais de 203 mil km², o que representa 2,4% do território, sendo que 72% aconteceu em vegetação nativa e 28% em locais de uso agropecuário. A área queimada em 2019 foi 55% maior do que em 2018, quando as cicatrizes de fogo somaram 130,5 mil km².
  • O Pantanal apresentou um aumento de inacreditáveis 996% de área queimada em 2019 em comparação com 2018.
  • Na Amazônia, a área queimada cresceu 65%.
  • No Cerrado, a expansão da área atingida pelo fogo foi de 40%.

O MapBiomas, informa, é uma iniciativa multi-institucional, que envolve universidades, ONGs e empresas de tecnologia, focada em monitorar as transformações na cobertura e no uso da terra no Brasil. Esta plataforma é hoje a mais completa, atualizada e detalhada base de dados espaciais de uso da terra em um país disponível no mundo. Outras iniciativas MapBiomas estão em desenvolvimento na Indonésia, toda a Pan-Amazônia, além de Argentina, Paraguai, Bolívia e Uruguai. Todos os dados, mapas, método e códigos do MapBiomas são disponibilizados de forma pública e gratuita no site da iniciativa: mapbiomas.org.

Tudo o que sabemos sobre:

MapBiomasqueimadascerradoAmazôniafogo