Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Em Campinas, ex-prefeito cassado disputa prefeitura pelo PDT

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ex-prefeito cassado Hélio de Oliveira Santos, o Dr. Hélio, foi confirmado como candidato do PDT à sucessão em Campinas na convenção de sábado, 12, informa o Estadão. Antes do evento, outros dois pré-candidatos, Surya Guimaraens e Flamínio Neto, retiraram seus nomes da disputa interna. Hélio foi alvo de impeachment em 2011 por omissão frente a casos de corrupção.

Dr. Hélio é citado indiretamente na Operação Lava Jato como um dos possíveis favorecidos de um empréstimo de R$ 12 milhões que teria sido feito no Banco Schahin fraudulentamente pelo pecuarista José Carlos Bumlai. De acordo com as investigações, parte desse dinheiro teria sido repassada ao marqueteiro João Santana – preso pela força-tarefa desde 23 de fevereiro, na Operação Acarajé – que comandava a campanha à prefeitura do pedetista, em 2004.

Dr. Hélio ainda estava à frente da prefeitura no Caso Sanasa, um esquema de desvio de verbas, fraudes em licitações e corrupção na empresa de água e esgoto do município que culminou com sua cassação em 2011.

Ele voltou à política oficialmente em junho de 2015, quando reassumiu a presidência do diretório municipal do PDT.

Tudo o que sabemos sobre:

PDTDr. HélioCampinaseleição