Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Em caso de aval do TSE, APB sai em ‘um mês’

Equipe BR Político

O presidente da República, Jair Bolsonaro, está mais confiante nesta sexta, 22, de que seu novo partido, Aliança Pelo Brasil, pode ser formalizado em um mês caso o Tribunal Superior Eleitoral dê aval à coleta eletrônica de assinaturas. “Se (a resposta) for positiva, forma em um mês o partido. Se não for, vai demorar alguns meses, longo meses”, disse Bolsonaro. Ontem, menos esperançoso, ele admitira que a legenda, talvez, ficaria de fora das eleições municipais de 2020.

Jair Bolsonaro na convenção de lançamento do partido Foto: Gabriela Biló/Estadão

A análise pelo TSE de uma consulta feita sobre o assunto está marcada para a próxima terça-feira, 26. Na ocasião, os ministros vão responder ao seguinte questionamento, feito pelo deputado federal Jerônimo Goergen (PP-RS): “Seria aceita a assinatura eletrônica legalmente válida dos eleitores que apoiem dessa forma a criação de partidos políticos nas listas e/ou fichas expedidas pela Justiça Eleitoral?”

Para ser registrado oficialmente e poder disputar eleições, um novo partido precisa coletar a assinatura de 500 mil eleitores que apoiem a iniciativa. Elas precisam estar distribuídas em pelo menos nove Estados. Estas assinaturas, uma a uma, devem ser validadas pela Justiça Eleitoral. Não há, até hoje, qualquer previsão de que elas possam ser recolhidas de forma eletrônica, por meio de formulários na internet, por exemplo, informa o Estadão.