Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Em comissão no Senado, Flávio pode votar em favor do irmão

Equipe BR Político

Na avaliação do presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado, Nelsinho Trad (PSD-MS), não há nenhum impedimento regimental que proíba o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) de votar em favor da indicação do seu irmão, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para o cargo de embaixador do Brasil em Washington, nos EUA. As constantes declarações do presidente Jair Bolsonaro em favor do filho está movimentando politicamente o Senado. Trad convocou reunião extraordinária para limpar a pauta de nomes indicados que estavam parados na comissão para possibilitar uma discussão acelerada do caso de Eduardo, caso se confirme as intenções de Bolsonaro.

Flávio é suplente da comissão e, em tese, só votaria no irmão caso o titular faltasse à sessão em que o caso será discutido. “Ele (Flávio) é suplente, mas acho que é um problema dele (votar ou não no irmão). Nada o impede (no regimento)”. A indicação de Eduardo têm repercutido entre senadores. Na terça-feira, 16, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que, da sua parte, “está definido” que Eduardo será indicado. Segundo a Constituição, cabe ao Senado aprovar ou rejeitar os nomes de chefes de missões diplomáticas, de acordo com o Broadcast Político.