Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Em conversa com Trump, Fernández propõe relação madura com os EUA

Marcelo de Moraes

O presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, falou com satisfação sobre a ligação que recebeu do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. O norte-americano o parabenizou pela vitória e disse que falaria com o Fundo Monetário Internacional (FMI) para que o organismo ajudasse na recuperação econômica do país.

“Eu recebi a ligação de Donald Trump, que me disse que instruiu o FMI a trabalhar junto para resolver o problema de nossa dívida. Agradeci por seu gesto importante e transmiti minha intenção de manter um relacionamento maduro e cordial com os Estados Unidos”, contou Fernández no seu Twitter.

O gesto de Trump em relação ao futuro presidente argentino acabou surpreendendo o governo brasileiro. Jair Bolsonaro criticou abertamente a possibilidade de vitória de Fernández e avisou que não irá na sua posse. Alinhado com Trump, Bolsonaro não esperava que ele demonstrasse tanta atenção com o país vizinho, o que deixou o Brasil isolado nas críticas à mudança de governo na Argentina.

Tudo o que sabemos sobre:

Donald TrumpAlberto FernándezArgentina