Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Em edital, Itamaraty ignora governos do PT

Equipe BR Político

O Itamaraty excluiu do edital de seu próximo concurso conteúdos relacionados às políticas econômicas dos governos do PT. A prova deve ser realizada em setembro e não traz temas exigidos nas duas últimas edições do exame, que vai selecionar 20 candidatos para o acesso à carreira de diplomata, com salário inicial de R$ 19,1 mil. O Ministério das Relações Exteriores não quis se manifestar sobre o assunto. Ontem, na Argentina,  o presidente Jair Bolsonaro, que está em campanha para colocar seu filho, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), na embaixada do Brasil em Washington, criticou o trabalho de antigos embaixadores. Segundo o presidente, os embaixadores que estiveram nos EUA desde 2003 “não fizeram nada de bom”.

Foram retirados os conteúdos “diferenças na política econômica entre o primeiro e o segundo mandato do governo Lula”, “efeitos positivos das políticas distributivas de renda” e “nova matriz econômica” —medidas adotadas na gestão Dilma Rousseff. Também foi cortado o item “reformas institucionais do governo Fernando Henrique Cardoso”, segundo a Folha.