Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Em encontro, Bolsonaro presenteia Xi Jinping com agasalho do Flamengo

Equipe BR Político

Nesta sexta-feira, 25, em seu segundo dia na China, o presidente Jair Bolsonaro se reuniu com o presidente chinês, Xi Jinping, e afirmou que os dois países estão “próximos de 100% afinados” na questão econômica. No encontro, o brasileiro presenteou o líder chinês com uma jaqueta do Flamengo.

Foto: Divulgação

Para Bolsonaro, as questões políticas devem ser tratadas separadamente, “caso a caso” – inclusive as disputas entre China e Estados Unidos, país que Bolsonaro vê como importante aliado. “Nunca seremos 100% afinados (com a China), mas na questão econômica, acredito que estamos bem próximos disso”, afirmou o presidente brasileiro.

O leilão da cessão onerosa é uma das questões econômicas em que parece haver alinhamento. De acordo com Bolsonaro, a China pode participar da venda que ocorre no próximo dia 6 de novembro. “As informações que eu tive são que a China tem interesse em participar. E é bom para todos nós”, declarou.

O presidente brasileiro afirmou que na reunião também se falou do etanol. Segundo Bolsonaro, o governo chinês se interessa no biocombustível por buscar cumprir metas de menor poluição e emissão de CO2. “Acredito que brevemente, estaremos exportando etanol para a China”, completou.

Sobre o presente dado a Xi Jinping, Bolsonaro disse que na final da Libertadores, “o Brasil todo é Flamengo e com toda a certeza 1 bilhão e 300 milhões de chineses também serão Flamengo no final do mês que vem. Então, presenteá-lo com uma camisa do melhor time brasileiro no momento”, afirmou o presidente brasileiro.

Tudo o que sabemos sobre:

FlamengoJair BolsonaroXi Jinping