Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Em menos de 24h, casal Garotinho é solto

Equipe BR Político

Menos de 24 horas depois de serem presos, os ex-governadores do Rio, Anthony Garotinho e sua mulher, Rosinha Matheus foram agraciados, nesta quarta-feira, 4, com uma ordem de soltura determinada pelo desembargador Siro Darlan, do Tribunal de Justiça do Rio. Eles deixaram a prisão ainda nesta manhã.

Ex-governador Anthony Garotinho deixou o presídio na manhã desta quarta, 4

Ex-governador Anthony Garotinho deixou o presídio na manhã desta quarta, 4. Foto: Wilton Junior/Estadão

Com base em delações de ex-executivos da Odebrecht, o casal é suspeito de ter superfaturado contratos entre a Prefeitura de Campos dos Goytacazes e a empreiteira durante os dois mandatos de Rosinha como prefeita naquela cidade, de 2009 a 2016, de acordo com o Blog do Fausto.

A decisão, tomada por Darlan na madrugada, afirma não ver no caso razão para a manutenção da prisão preventiva. “A prisão cautelar é medida excepcional e deve ser mantida apenas quando devidamente amparada pelos requisitos legais, em observância ao princípio constitucional da presunção de inocência, sob pena de antecipar a reprimenda a ser cumprida quando da condenação”, afirmou.

Ao deixar a cadeia, Garotinho declarou que sua prisão foi abusiva, e repetiu que tem sido perseguido por ter feito denúncias contra o ex-governador Sérgio Cabral. “As medidas (judiciais) que têm sido tomadas são extremamente abusivas, e os tribunais têm revogados decisões de primeira instância, muito provocadas pelo radicalismo político que tem na cidade”, disse Garotinho.