Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Em Sergipe, é fácil bater no Temer

Marcelo de Moraes

Incomodado com as críticas que sofria, Michel Temer chegou a reclamar dizendo que “era fácil bater no Temer”. E, nas eleições sergipanas, integrantes de partidos de sua base de apoio tem descascado o presidente sem dó, de olho no apoio dos eleitores.

O ex-governador Jackson Barreto, colega de MDB de Temer e candidato ao Senado, publicou vídeo hoje, detonando o governo federal e falando, literalmente, “fora Temer”. Já o governador Belivaldo Chagas (PSD), que tenta a reeleição, vai na mesma linha. O presidente do seu partido, Gilberto Kassab, é ministro de Temer, mas não há constrangimento do governador em falar que “faz dois anos que a democracia foi desrespeitada e Temer assumiu. O golpe foi uma afronta aos direitos fundamentais e as consequências vem sendo terríveis”, escreveu nas redes sociais. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

eleições em SergipeMichel Temer