Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Embaixada dos EUA no Brasil ataca a China

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A embaixada dos Estados Unidos no Brasil está comprando briga com a China nas redes sociais. O perfil oficial da missão publicou há pouco listando motivos pelos quais não se poderia “confiar” no governo chinês. “Entenda o porquê de vários países do mundo, especialmente os países vizinhos, não terem confiança no governo da República Popular da China”, comentou a embaixada.

O embaixador dos EUA no Brasil, Todd Chapman, é bastante próximo do clã Bolsonaro. No último dia 4 de julho, por exemplo, recebe Jair Bolsonaro em um churrasco para comemorar a independência americana. Por sua vez, a China já sofreu críticas do deputado Eduardo Bolsonaro, filho do presidente e legítimo representante do “núcleo ideológico” dos apoiadores do governo.

O Brasil está no centro de uma disputa entre as duas superpotências por causa do 5G. Tanto EUA quanto China disputam para ver quem terá o monopólio da tecnologia no País. O governo americano alega que usar o 5G chinês poderia comprometer a segurança na rede brasileira, que estaria suscetível a espionagem do Partido Comunista da China.