Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Embaixada é ‘filé-mignon’ de Bolsonaro para o filho?

Equipe BR Político

Com muitos eleitores bravos com a possibilidade de Eduardo Bolsonaro ser nomeado embaixador brasileiro nos Estados Unidos, o presidente Jair Bolsonaro reuniu vários argumentos apresentados nos últimos dias para se justificar. Atacou antigos embaixadores, dizendo que tinham “viés de esquerda”, falou do “extenso” currículo do filho, com inglês e espanhol, disse que ele não apenas fritou hambúrgueres, mas também entregou pizzas, que será seu cartão de visita e que conversou com países vizinhos sobre a situação da Venezuela e negou que seja nepotismo. “Se fosse, acha que eu cometeria um crime?”, afirmou.  “Pretendo encaminhá-lo sim. Pretendo beneficiar meu filho, sim. Se eu puder dar filé mignon, vou dar. Que, diz que não vai votar mais em mim, paciência”, disse o presidente.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonaroEduardo Bolsonaroembaixada