Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Empresário doou R$ 45 mil para o PSL em 2018

Vera Magalhães

O empresário e investidor Otavio Fakhoury, que disse em entrevista ao BRP nesta quarta-feira que pretende custear caminhões de som para as manifestações do dia 15 de março e afirmou ter feito o mesmo nos atos pró-impeachment de Dilma Rousseff e na campanha de 2018, voltou a procurar o site para esclarecer as circunstâncias da doação.

Ele afirmou que foi feita por meio de doações ao PSL de São Paulo, das quais tem os recibos da Justiça Eleitoral. De fato, o site do TRE paulista registra a doação de pouco mais de R$ 45 mil em 2018 à seção de São Paulo do antigo partido de Jair Bolsonaro, embora grafe o nome do empresário errado.

“Foi o PSL que pagou o caminhão de som do final de setembro de 2018. Bolsonaro nem estava em campanha, estava na cama se recuperando”, me disse o investidor.

Registro no site do TRE de São Paulo de doação feita por Fakhoury

 

Tudo o que sabemos sobre:

Otavio FakhouryPSLeleição