Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Empresário se diz autor de vídeo pró-ditadura

Equipe BR Político

O vídeo apócrifo de apoio à ditadura militar divulgado pelo Palácio do Planalto no dia 31 de março foi financiado pelo empresário Osmar Stábile, informa o Estadão. Ele negou que tenha qualquer relação com a Presidência. “Eu nem conheço o Bolsonaro. Apoiei (o Bolsonaro) durante a eleição, evidentemente, mas era uma pessoa mandando vídeos para amigos”, disse. Ele afirma que a maior parte dos vídeos são feitos por ele mesmo ou com a ajuda de amigos. “O custo é insignificante. Não foi nada planejado (ser divulgado pelo governo), fiquei até surpreso”, completou.

Na segunda, 1, o vice-presidente, Hamilton Mourão, afirmou que a divulgação do vídeo foi “decisão do presidente” Jair Bolsonaro. “Foi divulgado pelo Planalto, é decisão dele (do presidente)”. Ao ser questionado sobre o fato de que a comunicação do Palácio não informou quem seria responsável pelo conteúdo e envio da mensagem, Mourão desconversou. “Então… Eu nem vi esse vídeo”, respondeu.

Tudo o que sabemos sobre:

DitaduraOsmar StábileBolsonaro