Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Envolvimento ‘quase inédito’ do Brasil em outro País

Equipe BR Político

Ao se envolver diretamente com a tentativa da oposição venezuelana de derrubar Nicolás Maduro, o Brasil estaria se envolvendo nos assuntos de outro país como não faz desde que enviou os “pracinhas” para lugar na Itália durante a 2ª Guerra Mundial, segundo o colunista do Estadão Lourival Sant’Anna, que escreve diretamente de Caracas. Ele ressalta, entretanto, que fontes do governo norte-americano sinalizam que Donald Trump esperava ainda mais de seu “novo aliado”.

“Segundo fontes em Washington ouvidas pela reportagem do Estado, o governo americano pressiona para que o Brasil garanta a entrada da ajuda pela sua fronteira. Os militares brasileiros, no entanto, resistem a abrir caminho para um confronto direto com os venezuelanos — que seria desencadeado pela invasão do território vizinho para a derrubada do cerco erguido por ordem de Caracas”, escreveu Sant’Anna em sua coluna deste domingo. “Parafraseando o Pequeno Príncipe, um país se torna eternamente responsável pelo regime que ele muda.”