Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ernesto Araújo: ‘Sai para o sol’

Marcelo de Moraes

O chanceler Ernesto Araújo saiu em defesa da política externa praticada pelo governo brasileiro e rebateu aqueles que enxergam contradições em relação ao seu discurso. “Alguns criticam nossa política externa dizendo que este ou aquele de seus elementos é “sem precedentes”. Mas por que tudo precisa ter precedentes? Acaso o povo brasileiro não quer um Brasil sem precedentes? Um Brasil próspero, seguro, saudável, educado, probo e grande no mundo?”, escreveu na sua conta do Twitter.

O ministro acrescentou que “só enxerga contradições entre meu discurso e minha prática quem não conhece minha prática e principalmente quem não entende meu discurso. Os nominalistas, que vivem num sistema verbal fechado, olhando as sombras na parede da caverna, não entenderão nunca. Sai para o sol!”, afirmou. “No fundo da caverna, você tem que ser a favor ou contra o Mercosul, a favor ou contra o multilateral. À luz do sol, você pode reconfigurar o Mercosul para  defender os interesses do Brasil, não os do Foro de São Paulo. Pode atuar no multilateral para defender os ideais do seu povo, não das ONGs”, disse. /M.M.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

Ernesto Araújopolítica externa