Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ernesto: ‘Deus está de volta e a nação está de volta’

Equipe BR Político

Em mais uma oportunidade para detalhar um pouco suas ideias, o futuro chanceler Ernesto Araújo defende que Deus deverá ter um papel central na vida política brasileira. Araújo escreveu um artigo para revista norte-americana The New Criterion e afirma que foi a “divina providência” que uniu as ideias de Olavo de Carvalho (que o indicou para o cargo no Itamaraty) com o patriotismo de Jair Bolsonaro.

“Uma mudança de verdade apenas poderia vir de fora, dos domínios intelectuais e espirituais. Então o que quebrou esse sistema? Olavo de Carvalho, a Operação Lava Jato e Jair Bolsonaro”, escreveu na edição de janeiro da publicação, segundo o El País. “Meus detratores me chamaram de louco por acreditar em Deus e por acreditar que Deus atua na história — mas eu não me importo. Deus está de volta e a nação está de volta.”

Tudo o que sabemos sobre:

Ernesto AraújoItamaraty