por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Escritório não é reconhecimento de Jerusalém como capital

Marcelo de Moraes

O porta-voz da Presidência, general Otávio do Rêgo Barros, afirmou hoje que a abertura do escritório de negócios do Brasil em Jerusalém não significa que o governo está reconhecendo a cidade como capital de Israel. Segundo o porta-voz, “a apreciação sobre a mudança de embaixada não foi colocada à mesa” nas conversas entre o presidente Jair Bolsonaro e o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu.

Tudo o que sabemos sobre:

Israel