Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Espanha: Socialistas vencem, mas ultradireita avança

Equipe BR Político

Na eleição Espanha, o Partido Socialista (PSOE), do atual primeiro-ministro, Pedro Sánchez, venceu as eleições ocorridas no domingo, 10. Com 100% das urnas apuradas, a legenda conquistou ao todo 120 – das 350 – cadeiras no Congresso, três a menos do que tinha.

O Podemos, de Pablo Iglesias, chegou a 35. O estreante Más País, do jovem Íñigo Errejón, alcançou 3. Juntas, as legendas de esquerda somam 158 deputados, não atingindo assim a maioria absoluta, que seria de 176.

Por outro lado, o que chamou a atenção no pleito foi a consolidação da ultradireita como terceira força política no País. O partido Vox, de Santiago Abascal, mais que dobrou sua performance anterior e passou de 24 para 52 deputados, informou o Estadão.

O crescimento do Vox expõe a principal mudança de percepção no país entre abril e novembro: a de que é preciso um pulso mais firme em relação ao separatismo catalão. O desejo da Catalunha de ser uma República independente é um dos principais combustíveis para o crescimento do partido.