Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Estado de Nova York registra 100 mortos por coronavírus em 24 horas

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Um dia após o governador do Estado de Nova York, Andrew M. Cuomo, fazer um discurso otimista com base na redução de internações hospitalares por coronavírus na região, vem a notícia de que houve 100 mortes de ontem para hoje no Estado por causa da covid-19 e um aumento de 40% nos casos de pessoas hospitalizadas. Segundo Cuomo, as novas vítimas são aquelas que já utilizavam há mais tempo os ventiladores. “Quanto mais tempo você passa com ventilador, maior é a probabilidade de um resultado negativo. Nós tivemos pessoas nessa situação por muito tempo, e agora elas estão morrendo”, afirmou ele nesta quinta, 26, informa o jornal The New York Times. O Estado passou a computar 385 mortes, 5.327 pessoas internadas, das quais 1.290 estão sob cuidados intensivos, e 37.258 pessoas contaminadas. Cuomo chamou de “terrível” a ajuda do governo federal ao Estado, de US$ 3,1 bilhões, ao mesmo tempo em que o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, de “imoral” a ajuda de US$ 1 bilhão. Como você já leu aqui no BRP, Nova York é o epicentro da pandemia nos Estados Unidos.

Times Square, em Nova York, vazia durante quarentena

Times Square, em Nova York, vazia durante quarentena Foto: Todd Heisler/The New York Times

Tudo o que sabemos sobre:

nova yorkcoronavírusmortes