Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Estreante em eleições, UP não elege ninguém

Cassia Miranda

Exclusivo para assinantes

Única legenda estreante nas eleições municipais deste ano, a Unidade Popular pelo Socialismo (UP) não elegeu nenhum de seus 100 candidatos a vereador e 15 a prefeitos pelo País. No último dia 15, data em que foi realizado o primeiro turno, o partido completou 11 meses e cinco dias de existência.

Integrantes da UP. Foto: Reprodução/Facebook

Pelas redes sociais, o candidato à vice-prefeito em Belo Horizonte na chapa encabeçada pela deputada Áurea Carolina (PSOL), Leornardo Péricles, um dos líderes da UP, disse que segue de “cabeça erguida” e que a eleição foi um “aprendizado”.

“Agradecimento especial para minha companheira @aureacarolinax! Tamo junto e seguimos de cabeça erguida. Obtivemos 103 mil votos e ganhamos milhares de corações e mentes para fortalecer o projeto de mudanças de nossos partidos que continuam independentemente do resultado Eleitoral”, escreveu no Twitter.

Ele destacou ainda os resultados obtidos pela UP na votação para vereador em Belo Horizonte (MG), onde foram contabilizados 5.303 votos à sigla.

“Nossa campanha foi intensa, popular, sem financiamento de empreiteiras, de bancos, de grandes empresários, com um conjunto de voluntários e voluntárias.”

Tudo o que sabemos sobre:

UPEleições municipais