Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Eu vou negar e mandar ir de carro?’

Vera Magalhães

Depois de encerrar uma entrevista na sexta-feira por se recusar a responder a uma pergunta sobre o uso de helicóptero da FAB por parentes seus para ir ao casamento de seu filho Eduardo, Jair Bolsonaro defendeu a prática neste sábado, no Rio. “Eu fui no casamento do meu filho. A minha família que tinha vindo do Vale do Ribeira estava comigo. Eu vou negar o helicóptero e mandar ir de carro? Não gastei nada além do que já ia gastar”, disse Bolsonaro a jornalistas. Ele não respondeu quando questionado se os familiares, entre eles um sobrinho que postou (e depois apagou) nas redes sociais vídeo a bordo do helicóptero da FAB, foram na mesma aeronave que ele ou em outra.

O transporte dos familiares foi feito dentro da cidade do Rio de Janeiro, entre os bairros da Barra da Tijuca, onde mora o presidente, e Santa Teresa, onde ocorreu a festa de casamento. Se fossem de carro, como cogitou o presidente, os parentes teriam de passar por alguns bairros perigosos do Rio de Janeiro, além de enfrentar o trânsito que foi grande nas imediações da festa.