Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

EUA querem antiglobalismo com ‘nobres’

Equipe BR Político

A nova ordem liberal mundial é antiglobalista, soberanista, doutrinária e ‘sinofóbica’, entre outros qualificativos, a julgar pelas declarações recentes do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo. Os novos inimigos multilaterais declarados dos EUA seriam a União Europeia, ONU, FMI ou OMC. As exceções seriam a OTAN, a Iniciativa de Segurança Contra a Proliferação (PSI) e a Sociedade para Telecomunicações Financeiras Interbancárias Mundiais, serviço de transferências bancárias que é conhecido como Swift, informa O Globo.

“Nas melhores tradições de nossa grande democracia, estamos reunindo as nações nobres para construir uma nova ordem liberal que impeça a guerra e alcance maior prosperidade”, disse ele, acrescentando que a restauração da ordem liberal terá “liderança assertiva” dos EUA.

Tudo o que sabemos sobre:

EUAMike Pompeoantiglobalismo