Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ex-governador Ricardo Coutinho é alvo de mandado de prisão preventiva

Equipe BR Político

O ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), teve sua prisão preventiva decretada no âmbito da sétima fase da Operação Calvário, a ‘Juízo Final’, deflagrada pela PF nesta terça-feira, 17. A operação mira um esquema de corrupção que desviou R$ 134,2 milhões dos recursos na área da saúde no Estado. Segundo a PF, o esquema teria sido praticado por uma organização criminosa que teria fraudado licitações e concursos públicos, além de ter superfaturado equipamentos, serviços e medicamentos.

A maior parte do valor total desviado pelo esquema teria sido destinado políticos e às campanhas eleitorais de 2010, 2014 e 2018. Além do ex-governador, a deputada estadual Estela Bezerra (PSB) e a prefeita de Conde Márcia de Figueiredo Lucena Lira (PSB) também foram alvos de mandados de prisão preventiva. Ao todo, a ação cumpre 54 mandados de busca e apreensão e 17 ordens de prisão preventiva nos Estados da Paraíba, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Goiânia e Paraná. O Estadão busca contato com a defesa de Coutinho e dos demais investigados.