Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ex-líder do governo Witzel é denunciado no esquema de ‘rachadinhas’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O Ministério Público do Rio denunciou o ex-líder do governo Wilson Witzel (PSC), o deputado estadual Márcio Pacheco (PSC-RJ), por suposta prática de peculato na investigação sobre ‘rachadinhas’ na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).  O MP-RJ enviou a denúncia ao Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio, por conta do foro especial por prerrogativa de função, o foro privilegiado.

O deputado estadual Márcio Pacheco (PSC-RJ)

O deputado estadual Márcio Pacheco (PSC-RJ) Foto: Alerj/Divulgação

Assim como o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos) e seu ex-assessor Fabrício Queiroz, relatórios do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) identificaram movimentações suspeitas de R$ 25 milhões entre servidores do gabinete de Pacheco.

Em nota, Pacheco negou as acusações e afirmou “confiar na Justiça e nas instituição. Disse também que o contraditório esclarecerá nunca ter se beneficiado, apropriado ou consentido com o desvio de recurso público. O deputado ainda afirmou que compareceu voluntariamente ao MP e “colocou seu sigilo fiscal, bancário e telemático à inteira disposição daquela Instituição.”