Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ex-ministro diz que Bolsonaro deixa profissionais da saúde ‘desamparados’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ex-ministro da Saúde Alexandre Padinha (PT-SP) criticou nesta terça-feira, 4, o veto do presidente Jair Bolsonaro ao projeto de lei aprovado no Congresso que previa o pagamento de indenização a profissionais de saúde incapacitados após contraírem o novo coronavírus. A decisão do chefe do Executivo está publicada no Diário Oficial da União de hoje.

O deputado federal Alexandre Padilha (PT-SP) Foto: Lula Marques/PT

Na avaliação de Padilha, que é coautor do projeto na Câmara dos Deputados,  a decisão do presidente “deixa os profissionais da linha frente desamparados” em meio à pandemia.

“Bolsonaro vetou o projeto de minha coautoria que prioriza o auxílio financeiro para familiares de profissionais da saúde que morrerem durante a pandemia. Bolsonaro deixa os profissionais da linha frente desamparados, enquanto dá as honras para os filhotes da ditadura e milicianos”, escreveu o ex-ministro do governo Dilma.