Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ex-ministro vê esforço ‘malévolo’ contra o meio ambiente

Equipe BR Político

Os sete ex-ministros do Meio Ambiente que se reuniram na quarta-feira, 8, em São Paulo, para discutir a atual gestão na pasta deixaram claro que o panorama atual é desolador. Os antigos ministros deixaram claro que o panorama atual é desolador. Todos fizeram questão de sublinhar que, apesar de diferenças ideológicas, cada um deles manteve o legado de seus antecessor e o rumo das políticas ambientais. O ex-ministro Rubens Ricupero classificou a atuação do atual governo como um empenho “malévolo e destrutivo contra algo que o Brasil construiu com tanto esforço”.

Eles destacaram que, ao contrário do que prega Bolsonaro, a defesa da natureza, da biodiversidade e o combate às mudanças climáticas não são compatíveis com o desenvolvimento econômico, segundo o El País. O atual ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, rebateu os colegas. Em nota, ele defendeu as ações da pasta. “O atual governo não rechaçou, nem desconstruiu, nenhum compromisso previamente assumido e que tenha tangibilidade, vantagem e concretude para a sociedade brasileira”, destacou. “Mais do que isso, criou e vem se dedicando a uma inédita agenda de qualidade ambiental urbana, até então totalmente negligenciada”.