Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Exército veta fuzil, mas libera pistola a civis

Equipe BR Político

O Exército definiu na quinta-feira, os calibres que passam a ser considerados de uso permitido no Brasil. A lista permite que civis, agora, podem ter acesso a pistolas que antes eram de uso restrito das forças de segurança — 9 mm, .40 e .45, por exemplo –, mas veta a liberação de fuzis. As regras constam foram publicadas em uma portaria do Diário Oficial da União de quinta-feira, 15. O texto regulamenta um dos decretos sobre armas do presidente Jair Bolsonaro, que foi publicado em junho.

A decisão foi comemorada pela Taurus, a maior fabricante de armas do País e apoiadora da campanha presidencial de Jair Bolsonaro. “A Taurus terá a oportunidade de oferecer ao mercado brasileiro quase toda a sua linha de produtos, com diferentes tipos de calibres em vários modelos de armas, que já oferecemos aos clientes de todo o mundo, e que até então só oferecíamos uma pequena parcela deste portfólio”, diz a empresa, em nota ao Estadão. “Isso certamente vai incrementar as vendas da companhia e nos aproximar muito dos nossos clientes, fortalecendo a marca.”

Tudo o que sabemos sobre:

Armasexércitopistolacivis