por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Fachin multa campanha de Haddad

Equipe BR Político

A campanha de Fernando Haddad à Presidência da República sofreu mais uma derrota: o ministro Edson Fachin, do TSE, determinou que Haddad e a coligação ‘O Povo Feliz de Novo’ paguem uma multa de R$ 176.515 por impulsionar conteúdo contrário a Jair Bolsonaro durante as eleições. Segundo Fachin, a prática desrespeita a regras eleitorais e provoca um desequilíbrio na campanha. A multa foi é o dobro do valor do contrato (R$ 88 mil) de impulsionamento de materiais do site “A verdade sobre Bolsonaro”, como informa o Estadão.

Tudo o que sabemos sobre:

Fernando HaddadPTEdson FachinTSE