Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Fachin prorroga investigação a emedebistas

Equipe BR Político

O ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF, atendeu ao pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) e prorrogou por 60 dias as investigações de um inquérito que investiga o senador Renan Calheiros (MDB-AL), Eduardo Braga (MDB-AM) e Jader Barbalho (MDB-PA), os ex-senadores Eunício Oliveira (MDB-CE) e Valdir Raupp (MDB-RO) e o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rego.

Segundo o delator do caso, o pagamento visava manter a unidade do MDB, devido ao risco na época dos fatos de que integrantes do partido passassem a apoiar formalmente a campanha do então senador Aécio Neves (PSDB-MG) à Presidência em 2014. Fachin também negou um pedido de Eunício para que as investigações fossem arquivadas. Todos os investigados negam irregularidades, informou o Estadão.