Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Falta usar a ciência, ministro’, diz Galvão a Salles

Equipe BR Político

A principal queixa à política ambiental do governo federal exposta pelo ex-diretor do Inpe Ricardo Galvão ao ministro Ricardo Salles (Meio Ambiente) no programa Painel da GloboNews, exibido no sábado, 10, foi o descrédito da ciência dentro da administração pública atual. Um dos momentos mais acirrados da conversa foi quando Galvão declarou que o agronegócio não estaria em local de destaque no mundo, principalmente os produtores de soja, se não fosse o trabalho seminal de vários cientistas da Embrapa, especialmente os da pesquisadora Johanna Döbereiner.

Sua pesquisa sobre fixação biológica de nitrogênio (FBN) no solo foi fundamental para o melhoramento da soja, representando economia de bilhões de dólares por ano para o Brasil, segundo a Embrapa. “Falta usar a ciência, ministro”, sugeriu Galvão. Salles repetiu o mantra de que “o problema é quando a ideologia está disfarçada dentro da ciência”. Galvão rebateu: “O senhor vai contestar o trabalho do Impa (Instituto de Matemática Pura e Aplicada), do Museu Goeldi, vai? (as duas instituições são vinculadas ao  Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações do Brasil)”. Galvão repetiu a fórmula adotada pelas principais economias do mundo: desenvolvimento sustentável se alcança com ciência, setor privado e governo.