Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Federais cobram provas de Weintraub sobre plantações de maconha

Equipe BR Político

A Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) apresentou uma ação de indenização por dano moral contra o ministro da Educação, Abraham Weintraub, nesta quinta-feira, 5, à 9ª Vara Federal Cível de Brasília. Na ação, a entidade cobra do ministro explicações sobre a afirmação de que as federais abrigariam “plantações extensivas de maconha”. A Andifes reúne reitores das universidades e institutos federais.

Como informa o Broadcast Político, a entidade pede que Weintraub apresente provas “efetivas” de insinuações sobre a “existência de diversos atos irregulares e práticas criminosas” nas instituições federais de ensino. “Com os achados, se houver, requer-se sejam nominados os responsáveis, as unidades locais, os dirigentes e as universidades, bem como todas as providências tempestivamente tomadas pelo senhor ministro em face de tais ocorrências”, escreve a associação.

Como você leu aqui no BRP, Weintraub afirmou, em novembro,  que algumas universidades têm “plantações extensivas de maconha, a ponto de ter borrifador de agrotóxico”. Segundo o ministro, também existiriam faculdades de química “desenvolvendo laboratórios de droga sintética, de metanfetamina” porque, como a legislação determina, “a polícia não pode entrar nos campi”.