Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Diretor da Funarte diz que ‘despreza’ Fernanda Montenegro

Equipe BR Político

Única brasileira que já foi indicada ao Oscar de Melhor Atriz, Fernanda Montenegro foi alvo de ataques do diretor do Centro de Artes Cênicas da Funarte, Roberto Alvim. Usando sua página do Facebook, o diretor do órgão federal chamou-a de “mentirosa” e “sórdida”, além de ter dito sentir “desprezo” pela atriz.

A atriz Fernanda Montenegro caracterizada como uma bruxa para capa da Revista Quatro Cinco Um

A atriz Fernanda Montenegro caracterizada como uma bruxa. Foto: Mariana Maltoni/Revista Quatro Cinco Um

O texto foi publicado após Fernanda ter sido capa da Revista Quatro Cinco Um, na qual aparece caracterizada como bruxa prestes a ser queimada em uma fogueira de livros. “Um amigo meu, bem-intencionado, me perguntou hoje se não era hora de mudar de estratégia e chamar a classe artística pra dialogar. Não, absolutamente não. Trata-se de uma guerra irrevogável. A foto da sórdida Fernanda Montenegro como bruxa sendo queimada em fogueira de livros, publicada hoje na capa de uma revista esquerdista, mostra muito bem a canalhice abissal destas pessoas, assim como demonstra a SEPARAÇÃO entre eles e o povo brasileiro. Temos, sim, que promover uma RENOVAÇÃO completa da classe teatral brasileira”, escreveu Alvim, que apoia o presidente Jair Bolsonaro.

deixa eu ver se entendi:a "intocável" Fernanda Montenegro faz uma foto pra capa de uma revista esquerdista,vestida…

Publicado por Roberto Alvim em Segunda-feira, 23 de setembro de 2019

A atriz de 89 anos vem dando uma série de entrevistas a respeito de sua biografia, “’Prólogo, Ato, Epílogo”, lançada na sexta-feira, 20, na qual celebra seus 70 anos de carreira. Em algumas ocasiões, Fernanda criticou a postura do atual governo com relação à cultura. Como você viu aqui no BRP, o presidente já questionou diversas vezes a Ancine, órgão de fomento ao audiovisual. Em agosto, o Planalto também cancelou um editorial que selecionava séries com temáticas LGBT.

O texto de Alvim gerou repúdio da classe artística nas redes sociais. Além de atores e atrizes que homenagearam a veterana em postagens, a Associação dos Produtores de Teatro (APTR) emitiu uma nota criticando as afirmações do diretor. “A REDE DE TEATROS E PRODUTORES INDEPENDENTES vem manifestar seu integral repúdio à postura e ao discurso do Sr. Roberto Alvim, inacreditavelmente diretor das Artes Cênicas da FUNARTE! Apoiamos Fernanda Montenegro em seu direito de expressar por nós a legítima indignação da classe artística, e sua decepção diante de um ofensivo e autoritário não – representante!”, publicou a associação.

A REDE DE TEATROS E PRODUTORES INDEPENDENTES vem manifestar seu integral repúdio à postura e ao discurso do Sr. Roberto…

Publicado por Rede de Teatros e Produtores Independentes São Paulo em Segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Tudo o que sabemos sobre:

Fernanda MontenegroJair Bolsonaro