Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

FHC: ‘Não é hora de nos desunirmos’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Em live organizada pelas centrais sindicais, nesta sexta-feira, 1, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse que o 1º de maio deste ano é simbólico por conta da pandemia do novo coronavírus, e que o momento é de união. “Neste ano temos um fato novo, que é a pandemia”, disse. Segundo ele, outro fator que marca a data são as rápidas mudanças na economia e no mundo do trabalho que a covid-19 tem provocado.

Foto: Reprodução/Youtube

Ele disse que a unificação de diferentes centrais e vertentes políticas em um único evento é importante. “Não é hora de nos desunirmos, temos que nos juntar, porque temos que construir o futuro”, disse ele. “As condições são ruins, mas precisamos partir delas.” FHC não citou Bolsonaro ao longo de sua fala.

Tudo o que sabemos sobre:

FHCcoronavírusUniãoDia do Trabalhador