Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

FHC recomenda que Bolsonaro seja menos ‘afoito’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Na avaliação do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o presidente Jair Bolsonaro precisa ser menos “afoito”. Em transmissão ao vivo promovida pelo Grupo de Líderes Empresariais (Lide) de Ribeirão Preto na noite de quinta-feira, 25, FHC defendeu que o atual chefe do Executivo exerça um papel de diálogo e de liderança durante a pandemia do novo coronavírus.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso Foto: Leo Martins/Estadão

“Eu acho que nosso presidente precisa ser menos afoito. Eu entendo a aflição dele”, afirmou o ex-presidente. Segundo FHC, “o fato de o Supremo Tribunal Federal ter decidido que a responsabilidade é dos governadores, e dos prefeitos em certas matérias, não elimina que a responsabilidade política de quem vai pagar o preço maior é de quem está no comando geral da Nação”.

Bolsonaro tem respondido às críticas sobre a condução do condução do combate à pandemia com ataques a governadores e prefeitos, uma vez que o STF decidiu por garantir a autonomia dos entes federativos em decisões de saúde pública como medidas de isolamento social e fechamento do comércio.

 

Tudo o que sabemos sobre:

FHCJair Bolsonaronovo coronavírus