Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

FHC sai em defesa de alvo do ‘dossiê antifascista’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso saiu em defesa, na noite de segunda-feira, 3, do professor Paulo Sérgio Pinheiro, um dos alvos do “dossiê antifascista” produzido pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública e que tem como alvo opositores do presidente Jair Bolsonaro.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Foto: Leo Martins/Estadão

Pelo Twitter, FHC lamentou as investigações contra o relator da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre a República Árabe da Síria.

“Lamentável que um departamento público investigue ações de pessoas ditas antifascistas. Pior no caso de Paulo S Pinheiro, relator da ONU, democrata conhecido. Minha solidariedade a ele”, escreveu FHC.

Ontem, o ministro André Mendonça decidiu exonerar o responsável pelo dossiê contra os servidores públicos que se declaram como “antifascistas”. Ele demitiu o diretor de Inteligência da Secretaria de Operações Integradas (Seopi), Gilson Libório.