Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ficou para sexta decisão sobre imposto sindical

Equipe BR Político

Com apenas os voto de Edson Fachin e Luiz Fux nesta quinta-feira, 28, a decisão do STF sobre a obrigatoriedade do imposto sindical ficou para amanhã. O ministro Fachin, relator da ação, votou pelo retorno da contribuição, derrubada pela reforma trabalhista aprovada pelo Congresso. Já Fux defendeu o fim do pagamento compulsório.

“Segundo a presidente o julgamento do mérito deve ser concluído amanhã (sexta-feira, 29). Se não for concluído eu eventualmente poderei propor votar a cautelar no plenário”, explicou Fachin. Confira como foi a primeira parte do julgamento no Estadão.

Tudo o que sabemos sobre:

STFimposto sindical