Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Fiesp ‘exige respeito’ de países europeus

Equipe BR Político

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) publicou nota em que “exige respeito” dos países europeus que ameaçam romper o acordo estabelecido entre o Mercosul e a União Europeia. “A Fiesp vê com espanto as ameaças de países participantes do tratado comercial União Europeia-Mercosul, anunciado há menos de 60 dias, de recuarem no que foi acordado”, diz o texto. Segundo a federação, a reação negativa em razão das queimadas na região amazônica são “pretextos que não têm qualquer relação com o que foi negociado para fazer política interna e tentar atacar a imagem do Brasil”. As tratativas do acordo levam em consideração, no entanto, políticas ambientais.

“As empresas e o agronegócio brasileiros trabalham com excelência e são respeitados por seus compromissos, produtos e resultados. Não podemos permitir que agentes externos, com seus próprios interesses políticos e comerciais, prejudiquem os nossos empregos e o Brasil como um todo”, conclui a federação, presidida pelo empresário Paulo Skaf (MDB).

Assine o BR Político para ter acesso a produtos e informações exclusivos. Clique neste link para se tornar um assinante.

Tudo o que sabemos sobre:

fiespPaulo Skaf