Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Filipe Martins: ‘Gabinete do ódio é um delírio completo’

Equipe BR Político

O assessor especial da Presidência para assuntos internacionais, Filipe G. Martins, negou a existência do chamado “gabinete do ódio” – do qual é acusado de fazer parte. “Isso é delírio completo. Na verdade, o que a gente tem são indivíduos que fazem parte do governo que ora vão se posicionar sobre o debate público”, afirmou o assessor, em entrevista à Rádio Jovem Pan, nesta sexta-feira, 6.

Martins também negou a existência de qualquer diretriz ou orientação a respeito das postagens nas redes sociais de integrantes do governo. “Não tem nenhuma diretriz (que vem de cima). Eu acho, inclusive, que seria bom se tivesse, porque quando a gente fala sobre problemas de comunicação, falta uma capacidade de demonstrar com clareza o que está acontecendo”, disse o assessor.

Como você leu aqui no BRP, a ex-líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), afirmou perante a CPMI das fake news que existe um grupo específico, chamado de “gabinete do ódio”, destinado a atacar opositores e desafetos do presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais. Segundo ela, o grupo recebe dinheiro público, e é orientado sobretudo pelo filho do presidente, deputado federal Eduardo Bolsonaro.

Tudo o que sabemos sobre:

Filipe Martinsgabinete do ódio