Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Filipe Sabará se desfilia do Novo e desiste de candidatura em São Paulo

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ex-candidato à Prefeitura de São Paulo, que foi expulso do Partido Novo na semana passada, Filipe Sabará, enviou uma carta à direção do partido pedindo a desfiliação oficial da legenda na quinta-feira, 29, e desistindo da candidatura neste ano. Sabará tinha até este sábado, 31, para recorrer da decisão.

O ex-candidato do Novo em São Paulo, Filipe Sabará

O ex-candidato do Novo em São Paulo, Filipe Sabará Foto: Tiago Queiroz/Estadão

No documento de desfiliação, o ex-candidato afirmou que a decisão pela sua expulsão teria sido tomada “antes e independente de provas, sendo o ponto de partida de um processo que não é nem devido, nem legal” e afirmou que o resultado do processo já estaria definido, antes mesmo da sua instauração. A partir desta sexta-feira, 30, as propagandas do candidato não serão mais divulgadas pelas emissoras de rádio e TV. 

Sabará protagonizou uma briga interna no partido depois de ser impedido de fazer campanha em setembro acusado de inconsistências em seu currículo pela própria legenda. Ex-integrante de uma ala mais próxima ao bolsonarismo dentro do partido, o atrito em torno de sua candidatura gerou conflito entre o seu grupo  e demais vertentes do Novo.

Na ocasião, o ex-candidato conseguiu aval da Justiça Eleitoral para manter a candidatura e seguir com a campanha, mas foi oficialmente expulso na semana passada por uma decisão do conselho de ética do Novo. Depois da decisão e da renúncia de sua vice, Marina Helena, a candidatura foi indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP).

Tudo o que sabemos sobre:

Filipe Sabaráeleição 2020São PauloNovo