Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Flavio Bolsonaro acusa MP de ter quebrado seu sigilo ilegalmente

Equipe BR Político

O senador Flavio Bolsonaro acusou o Ministério Público do Rio de ter quebrado ilegalmente seu sigilo bancário durante as investigações sobre a movimentação financeira atípica de Fabrício Queiroz. Em entrevista para a TV Record, Flavio reforçou a versão de que é investigado e que descobriu sua condição quando pediu acesso aos autos. “Vi que o MPRJ já estava me investigando ocultamente desde meados do ano passado. E utilizando vários atos ilegais, sem a devida autorização judicial”, disse o filho do presidente Jair Bolsonaro.

“Não fui ao STF porque tenho foro. Eu sou contra o foro, só que a escolha não é minha. Não estou me escondendo atras de foro nenhum. O MP ao tomar conhecimento que fui eleito senador, deveria ter informado ao STF, para saber se essa investigação tem que ficar no Rio em em Brasília”, explicou. O Jornal Nacional trouxe dados do relatório do Coaf sobre o senador, que aponta 48 depósitos de R$ 2 mil reais no que foi considerado movimentação suspeita. “Não é porque sou filho do presidente que a lei não vale para mim”, disse para a Record.

Tudo o que sabemos sobre:

Flávio BolsonarocoafMPRJFabrício Queiroz