Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Flavio Bolsonaro homenageou milicianos

Equipe BR Político

Um dos alvos da operação Intocáveis, que prendeu milicianos suspeitos de participarem do assassinato da vereadora Marielle Franco (Psol-RJ) no ano passado, o major da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Ronald Paulo Alves Pereira, foi homenageado pelo senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ) em 2004, quando este era deputado estadual na Alerj.

Na época, Flávio fez uma Moção de Louvor e Congratulações que homenageasse o policial por “importantes serviços prestados ao Estado do Rio de Janeiro quando da operação policial realizada no Conjunto Esperança no dia 22 de janeiro de 2004”, um confronto que teria resultado na morte de três pessoas, informou o Broadcast Político.