Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Flavio Bolsonaro mantém assessores citados pelo Coaf

Equipe BR Político

O deputado estadual Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), senador eleito, mantém empregados na Alerj quatro servidores citados pelo Coaf por transações suspeitas. Três funcionários permanecem lotados no gabinete do parlamentar, enquanto um está nomeado na liderança do PSL — Flavio é o líder do partido. Ao todo, nove assessores e ex-assessores do deputado foram listados pelo Coaf.

Uma das funcionárias que permanece empregada é Evelyn Melo de Queiroz, filha do ex-assessor Fabrício Queiroz. Agostinho Moraes da Silva e Márcia Cristina Nascimento dos Santos também estão com cargos no gabinete, e Jorge Luís de Souza ligado à liderança do PSL. Os quatro funcionários ainda empregados recebem, juntos, R$ 24,9 mil de salário, em valores líquidos, informou o Globo.

Tudo o que sabemos sobre:

coafFlávio BolsonaroassessoresAlerj