Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Flávio Bolsonaro posta foto fake em reportagem sobre ‘cura’ do coronavírus

Vera Magalhães

O senador Flávio Bolsonaro compartilhou em seu perfil no Instagram uma “reportagem” do site bolsonarista Senso Incomum sobre supostos casos de cura de covid-19 com uso de hidroxicloroquina. A foto que abre o texto mostra Antonia Balestra e o pai, Walter Hugo Balestra Palombo, durante uma internação na UTI humanizada do hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, no ano passado, para se tratar de complicações decorrentes de um enfisema pulmonar.

Walter não tem covid-19, embora, como esteja no grupo de risco do novo coronavírus, a família se preocupe muito com sua condição, e o mantenha em isolamento, com todos os cuidados preconizados pelas autoridades de saúde.

A foto fake do texto que faz propaganda do tratamento que vem sendo defendido pela família Bolsonaro embora não haja nenhuma comprovação científica final de sua eficácia no tratamento, e menos ainda na prevenção, à covid-19, é um frame de uma reportagem da RBS, afiliada da Globo gaúcha, sobre a possibilidade de parentes acompanharem internados nas UTIs de Porto Alegre. Nada, absolutamente nada, a ver com coronavírus.

https://globoplay.globo.com/v/7805553/

No texto compartilhado pelo filho do presidente da República, o site Senso Incomum, ligado ao assessor internacional da Presidência Filipe G. Martins, que era um dos editores da página até ir para o governo, está escrito que os pacientes da reportagem, entre eles Walter Balestra, tiveram alta em “poucos dias” e foram curados de covid-19 com o uso de hidroxicloroquina.

A jornalista Mariana Balestra, filha de Walter que mora em São Paulo, contou ao BR Político as circunstâncias da imagem usada indevidamente no site bolsonarista e replicada pelo senador filho do presidente. Disse que o pai esteve internado algumas vezes ao longo de 2019 em razão do enfisema pulmonar, e que esta imagem se refere a uma dessas internações, em 30 de julho do ano passado.

A irmão de Mariana, Antonia, que mora em Porto Alegre e aparece na imagem usada indevidamente por Flávio, quer que o site bolsonarista e o filho do presidente apaguem a imagem do pai e esclareçam a manipulação de seu uso para informar erradamente sobre o tratamento para covid-19.