Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Flávio critica MP: ‘Investigação tem de ser anulada’

Equipe BR Político

Flávio Bolsonaro voltou a falar sobre o caso Fabrício Queiroz. Em entrevista ao Estadão, o filho do presidente Jair Bolsonaro fez questão de afirmar mais de uma vez que é seu ex-assessor que tem de explicar as movimentações financeiras atípicas. Mas o alvo das principais críticas do senador foi o Ministério Público. “Sou investigado há quase um ano e meio e, até ontem, o chefe do Ministério Público estava falando que eu não era investigado”, disse.

“Estou recorrendo para que o plenário vote abertamente e quero ver arquivar isso de público. Eles querem requentar uma informação que eles conseguiram de forma ilegal, inconstitucional. Como viram a cagada que fizeram, agora querem requentar, dar um verniz de legalidade naquilo que já está contaminado e não tem mais jeito. Não tem outro caminho para a investigação a não ser ela ser arquivada – e eles sabem disso. Por isso, o desespero de tentar justificar e correm agora para requerer a quebra do meu sigilo bancário e fiscal”, afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:

Flávio BolsonaroFabrício Queiroz