Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Flávio entre Aras e Fux

Equipe BR Político

Um dia antes de deixar o plantão no STF, presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, pediu no sábado, 18, que a PGR se manifeste sobre o pedido da defesa do senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ) para suspender novamente as investigações do caso Queiroz. Em 2019, as investigações ficaram paralisadas por cerca de seis meses.

A partir deste hoje, o vice-presidente do STF, ministro Luiz Fux, assumirá o plantão. A investigação mira um suposto esquema de “rachadinha” no gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio, quando ele era deputado estadual. Caso a PGR envie posicionamento até 31 de janeiro, Fux poderá decidir se paralisa ou mantém as investigações