Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Foi um divórcio consensual’, diz Bolsonaro sobre demissão de Mandetta

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que a demissão do ministro Luiz Henrique Mandetta foi “um divórcio consensual”. “Foi um divórcio consensual porque acima de mim e dele, como ministro, está a saúde do povo brasileiro. A vida para todos nós está em primeiro lugar”, disse o presidente durante coletiva realizada logo após a reunião em que ele demitiu o titular da Saúde, nesta tarde de quinta, 16, no Palácio do Planalto. Bolsonaro reforçou a tese do consenso reforçando, paradoxalmente, a discordância que sempre existiu entre o ministério e a Presidência. “Um pessoa sem emprego está mais propensa a ter problema de saúde que um empregado”, alegou. A coletiva de Bolsonaro teve início enquanto a de Mandetta ocorria.

O presidente Jair Bolsonaro no anúncio da troca no Ministério da Saúde

O presidente Jair Bolsonaro no anúncio da troca no Ministério da Saúde Foto: Reprodução/TV BrasilGov