Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

FPA quer volta do trabalho presencial no Congresso

Marcelo de Moraes

A Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) decidiu cobrar a volta imediata dos trabalhos presenciais no Congresso para que a pauta de votações possa ser retomada. Em comunicado oficial, a FPA, que reúne quase trezentos parlamentares, diz que é possível a retomada os trabalhos com segurança em relação ao coronavírus para interromper a “paralisia” da agenda legislativa.

O presidente da FPA, deputado Alceu Moreira

O presidente da FPA, deputado Alceu Moreira Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

“Diante do conhecimento adquirido e protocolos de segurança já estabelecidos nos últimos meses para o combate do Covid-19 no Brasil, é urgente a necessidade de respondermos aos anseios da sociedade por soluções efetivas na geração de emprego, renda e no equilíbrio da economia”, diz a nota.

“Desta forma, a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), composta por 245 deputados federais e 39 senadores, entende que é urgente e necessário o retorno das atividades do Congresso Nacional, cujo debate tem sido prejudicado por sessões remotas que analisam apenas o que é de consenso geral. No entanto, a Casa é a representação máxima do debate e enfretamento dos problemas brasileiros e não pode permanecer em paralisia enquanto assuntos urgentes deixam de ser discutidos”, acrescenta o texto da FPA.

“Temas como Reforma Tributária, Administrativa, Regularização Fundiária, Licenciamento Ambiental, Desmatamento Ilegal Zero e os Fundos de Investimento para o Setor Agropecuário prometem garantir um cenário de segurança jurídica e econômica para voltarmos aos trilhos do crescimento, bem como da geração de emprego e renda. Não podemos mais esperar. A FPA considera que o Congresso Nacional está pronto para a retomada dos trabalhos, com os devidos protocolos de segurança. Juntos, podemos contribuir efetivamente com a superação deste momento de tragédia sanitária. O Brasil não pode parar”, conclui a nota da Frente.