Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

FPE não quer ‘pré-julgamento’ de Flordelis

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A Frente Parlamentar Evangélica (FPE) emitiu uma nota sobre o caso da deputada Flordelis. O grupo, do qual a parlamentar faz parte, condenou todos os possíveis atos dos quais ela é acusada. Mas ressaltou a importância de não se fazer um “pré-julgamento” da congressista. “Ressaltamos que a intenção da FPE em momento algum é fazer pré-julgamento, pelo contrário, muito nos alegrará se ao final do processo, restar-se comprovada a inocência da deputada”, diz nota da frente. “No entanto, temos que admitir que, até o momento, nenhum fato favorável a deputada foi apurado, muito pelo contrário.”

A deputada é acusada de participar do assassinato do próprio marido, o pastor Anderson do Carmo. Ela teria sido a mandante do homicídio. Cinco de seus filhos já estão presos devido ao crime. O Conselho de Ética da Câmara deverá ser retomado para avaliar a cassação do mandato da parlamentar.

Tudo o que sabemos sobre:

Frente Parlamentar EvangélicaFlordelis