Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

França propõe auxílio custeado pelos governos federal, estadual e municipal

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ex-governador de São Paulo Márcio França (PSB) propôs nesta segunda-feira, que o governo federal estenda o pagamento do auxílio emergencial até que a população seja vacinada pela covid-19. No modelo sugerido pelo político, o benefício voltaria a ser de R$ 600, sendo que metade do valor seria custeada pela União, R$ 200 pelo governo do Estado e R$ 100 pelo município.

O ex- governador Márcio França. Foto: Alex Silva/Estadão

Na avaliação de França, São Paulo seria exemplo, se a proposta fosse aceita pelo presidente Jair Bolsonaro, pelo governador João Doria (PSDB) e pelo prefeito Bruno Covas (PSDB).

“Proponho que o @govbr continue com o auxílio emergencial. A partir de Jan21 passaria o valor para 300,00. Neste caso o @governosp entraria com + 200,00 e as Prefeituras 100,00. Total: 600,00 até q a vacina seja plena e universal. SP daria ex. @jairbolsonaro @jdoriajr @brunocovas”, escreveu França no Twitter.

Tudo o que sabemos sobre:

auxílio emergencialmarcio frança